Venda de ferro prejudica infra-estruturas sociais – administrador do Golfe

0

A existência de casas de venda de ferro tem prejudicado infra-estruturas sociais porque muitos cidadãos as vandalizam para obter material.

Segundo o administrador do Distrito Urbano do Golfe, Africano Pedro, muitos cidadãos, que trabalham na recolha de ferro velho para a venda, na ausência de material inútil vão a procura de meios que muitas vezes são úteis para os cidadãos e danificam infra-estruturas sociais.

Para Africano Pedro, este incidente poderia ser evitado se não existisse cidadãos que estimulam outras pessoas, sobretudo crianças, a esta prática.

Disse que a administração e a policia local têm trabalhado na sensibilização dos proprietários destes estabelecimentos para os desactivar.

Segundo o administrador, a administração e policia local já trabalharam com o proprietário do local em que ocorreu o acidente, mas ele de forma reincidente continua na mesma prática .

“Hoje aconteceu este incidente, mas não foi falta de aviso”, notou, pontualizando que o proprietário, que se encontra em fuga, será responsabilizado.

Disse que a policia a nível do município está ao corrente da situação e esta a trabalhar para localizar o proprietário.

Informou que no âmbito do trabalho de sensibilização para desactivar estes locais foram já registadas sete e algunas estão camuflados e trabalham apenas no período nocturno.

Além de ferro e material metálico , estes estabelecimentos compram também artigos de plástico, estão localizados, principalmente, na área dos Rastas, Correios e Katiton, D istrito Urbano do Golfe, onde existe grandes amontoados de lixo. Muitas crianças em idade escolar fora do sistema de ensino dedicacam-se a esta actividade e outras abandonam a escola com este objectivo, segundo fonte da comissão de moradores local.

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: