Vandalizada linha de transporte de energia eléctrica no Soyo

0

Cinco mil metros de cabos de protecção contra descargas atmosféricas de 20 torres metálicas instaladas na linha de transporte de electricidade de média tensão nos bairros Kintambi (450 KV) e Fina Petróleos (60/15 KV), no município do Soyo, província do Zaire, foram roubados nos últimos dias.

Para além do roubo destes cabos revestidos de cobre, os autores do referido crime, até ao momento desconhecidos, também escavaram as bases de betão que sustentam as torres eléctricas.

Esta situação, de acordo com o  chefe da divisão de exploração da rede eléctrica da região norte da Empresa Nacional de Electricidade (ENDE), Henrique Muzangala, que avançou a informação à ANGOP, poderá causar anomalias no fornecimento de energia eléctrica na localidade e a queda das torres vandalizadas, caso haja demora na reposição destes dispositivos roubados e vandalizados.



A fonte assegurou que as estruturas centrais da empresa estão já informadas sobre esta situação e começaram a mobilizar meios técnicos e humanos no sentido de se repor os cabos e melhorar as bases de suporte das torres.

Apelou à denúncia destes actos criminosos por parte da população, o principal destinatário destes serviços, assim como sugeriu o reforço do patrulhamento policial nesta zona.



Informou que decorrem, desde segunda-feira (18), neste município, trabalhos de manutenção preventiva e correctiva das linhas de transporte de média tensão, uma acção que tem sido realizada trimestralmente.

A população da cidade do Soyo é estimada em mais de 200 mil habitantes, sendo que  apenas 30 por cento beneficia de energia eléctrica fornecida pela rede nacional desde Dezembro de 2016.

A municipalidade recebe  54 MW, estando em aproveitamento apenas 34 MW.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: