Uíge: Centro oftalmológico precisa de mais técnicos

0

O Centro Oftalmológico do Uíge necessita de, pelo menos, mais cinco novos técnicos da especialidade para dar início à realização de cirurgias de cataratas e de outras complicações dos olhos, disse o responsável daquela unidade sanitária.

Beato Baptista avançou que a unidade conta apenas com dois médicos cirurgiões, que garantem a assistência médica e medicamentosa, numa unidade que possui um bloco operatório, devidamente equipado com material moderno e de alto padrão tecnológico.

O responsável disse que o centro precisa de dar início ao processo de realização de cirurgias de cataratas às doenças do fórum ocular, mas o reduzido número de técnicos está a condicionar o arranque desses serviços, que é bastante solicitado pelos pacientes que são atendidos.

Para ultrapassar este impasse, Beato Baptista avançou que o centro oftalmológico necessita de mais cinco técnicos auxiliares. Apesar da carência de técnicos, durante os últimos dois meses, foram atendidos no centro oftalmológico mais de 1.500 pacientes com diversos diagnósticos, com destaque para cataratas graves, conjuntivites e alergias.

Beato Baptista apontou a idade avançada, diabetes, má higiene com os olhos, a poeira, o uso frequente de computadores, bem como a alta exposição à televisão como causas que provocam o aumento de pacientes com doenças do fórum ocular.

O médico oftalmologista apelou a população para redobrar a higiene no rosto e a efectuar consultas de oftalmologia com regularidade, mesmo sem sintomas nos olhos para garantir longevidade na visão.

O centro atende diariamente mais de 70 pacientes e três enfermeiros e pessoal administrativo auxiliam os dois médicos que asseguram os serviços. Além dos pacientes da província do Uíge, no centro oftalmológico são, igualmente, atendidas pessoas provenientes das províncias de Malanje, Cuanza-Norte, Zaire e Bengo.

“Mas, por causa da cerca sanitária imposta a algumas regiões e das restrições na circulação de pessoas, o atendimento a doentes de outras partes do país está suspenso”, lamentou o responsável.

O referido centro possui uma área de abdometria, consultórios médicos, farmácia, depósito de medicamentos e bloco operatório.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: