Supremo Tribunal da Austrália analisa último recurso do cardeal Pell

0

Desconhece-se ainda se os magistrados vão anunciar hoje a decisão até porque o processo pode prolongar-se durante várias semanas.

Os sete magistrados que compõem o Tribunal Supremo da Austrália, com sede em Camberra, começou na quarta-feira a ouvir os argumentos das partes para decidir se aceita o recurso ou não.

O cardeal, 78 anos, encontra-se numa prisão de Melbourne e não vai estar presente em tribunal.

O Procurador do Estado australiano de Victoria, Kerri Judd, acusou esta semana os advogados de Pell de terem apresentado “um panorama incompleto e pouco exatos dos factos”.

O caso de pedofilia contra o ex-ministro das Finanças do Vaticano, apontado como a terceira figura da Santa Sé, tem como base o testemunho de duas vitimas que o denunciaram em 2014.

Um dos acusadores morreu após o início do processo, vítima de consumo excessivo de estupefacientes.

Fonte: NM/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: