Suposto inspector da polícia falsifica guia para violar cerca sanitária

0

Um suposto agente da polícia, foi detido ao tentar violar a cerca sanitária no Cuanza-Norte. O mesmo encontrava-se em posse de uma guia falsa, nos ombros não ostentava qualquer patente mas nos documentos apresenta-se como inspector da Polícia Nacional.

Lukoke Luezo confessa que agiu por conta própria, falsificou os documentos incluindo uma guia de colocação para a província do Cuanza-Norte.

“Não estavam a me dar a guia, queria voltar a onde está a minha família. Saí de Luanda até ao controlo do Zenza do Itombe, chegando lá não podia passar, então fui até onde estavam os colegas do SIC e Policia Nacional, pedi uma explicação, eles perguntaram-me pela guia, disse que fiz a guia sozinho porque não estavam a me dar a guia. Foi assim”. Disse, Lukoke Luezo.

De acordo com os polícias do controlo, o suposto inspector, foi um agente da Polícia Nacional colocado no distrito do Kilamba Kiaxi em Luanda, despromovido e expulso da corporação há 3 anos.

“Nós interpelamos o cidadão fardado, apresentava um documento que nos pareceu ser suspeito, fizemos todos contactos e vimos que apresenta falsa qualidade”. Confirmou, Subcomissário João Kariki, 2º Comandante da Polícia Nacional para Ordem Pública no Cuanza-Norte.

Lukoke Luezo não admite ser tido expulso da Polícia “Eu não vi nenhum documento que diz que estou despromovido. Não tenho nenhum tipo de documento que confirma, nem a divisão do Kilamba Kiaxi me ligou a dizer que tenho problemas”. Justificou.

De acordo com as informações apuradas, o falso inspector esteve preso por abusar de uma menor, por sinal sua enteada. Agora corre o risco de responder por outros crimes, entre eles, o de falsificação ideológica.

Para além deste caso, a Polícia deteve no Cuanza Norte 148 cidadãos por violarem a cerca sanitária no município do Cazengo.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: