Serpente mata seu domador durante show no Andulo

0

Um domador de cobras, de 36 anos de idade, morreu, domingo, no município do Andulo, província do Bié, após ter sido picado por uma serpente, durante um espectáculo por si promovido.
Segundo a Angop que cita o médico Carlos Vicente, a vítima foi ainda levada ao Hospital Municipal do Andulo para ser assistido, mas acabou por falecer no meio do trajecto.
Testemunhas disseram que o incidente ocorreu quando o domador de cobras, também conhecido por “Rei das Montanhas”, apresentava truques em um espectáculo com uma cobra venenosa denominada “eulu-linene”, que picou a vítima num dos braços.
Contaram que, após a picada, o “Rei das Montanhas” negou qualquer assistência médica e continuou com o espectáculo, realizado no bairro Chivili, arredores da cidade do Andulo.
Afirmaram que, horas após a picada, o braço do “Rei das Montanhas” inflamou e pediu socorro, tendo sido transportado para um hospital da região, mas já tarde para ser salvo, “teve morte extra-hospitalar”.
O encantador de cobras criava serpentes no seu quintal há mais de 15 anos e tinha um convívio normal com as mesmas, sendo que por semana realizava quatro espectáculos em alguns bairros do município do Andulo.
Só no show do subúrbio do Chivili, por exemplo, o “Rei das Montanhas” levou diferentes espécies de cobras.
Episódios idênticos são frequentes no mundo, fundamentalmente em circos, o que tem resultado em mortes dos protagonistas.

Fonte: Angop/AF

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: