“Racismo e ódio são venenos responsáveis por demasiados crimes”

0

“O racismo é um veneno. O ódio é um veneno. E estes venenos existem na nossa sociedade e são responsáveis por demasiados crimes.”

Angela Merkel reagiu esta quinta-feira de manhã ao ataque assassino da véspera contra dois bares de cachimbos de água, vulgo “shishas”, frequentados sobretudo por curdos.

Pelo menos 11 pessoas morreram na sequência do caso, incluindo o suspeito pelo ataque, encontrado morto na respetiva residência, ao lado de outro cadáver, que as autoridades supunham ser a mãe do atirador.

“Este é um dia extremamente triste para o nosso país. O profundo lamento pela violenta morte de tantos dos nossos cidadãos, que a população de Hanau sente hoje, é algo que eu e todo o povo alemão partilhamos”, manifestou a chanceler alemã.

A xenofobia extrema de um cidadão alemão de 43 anos terá estado na origem do ataque contra dois estabelecimentos comerciais frequentados por clientes de origem árabe ou fé muçulmana.

O primeiro ataque ocorreu por volta das 22 horas de quarta-feira (hora de Lisboa) junto ao bar “Midnight, matando três pessoas no local. O segundo aconteceu pouco depois no “Arena Bar & Café” e deixou cinco mortos. Um carro de cor escura foi visto a evadir-se da zona.

Pelo menos cinco pessoas teriam ficado feridas, uma delas viria a morrer.

A polícia viria a encontrar o principal suspeito morto em casa, com um outro cadáver ao lado, elevando o balanço para 11 mortos relacionados a este duplo atentado.

Na casa do suspeito foram encontrados uma carta, um vídeo e outros documentos que estão a ser analisados pelas equipas de investigação.

O ministro do interior do estado de Hesse, Peter Beuth, revelou a orientação dos primeiros indícios encontrados pelas autoridades.

“De acordo com os indícios, houve motivações xenófobas. Ainda estamos a investigar se se trata de uma carta-confissão ou outro tipo de documento. Há uma página de internet de onde emerge um alegado fundo xenófobo. De acordo com os indícios que tenho disponíveis, o suspeito tinha licença de porte de arma e era praticante de tiro desportivo”, revelou o ministro.

Um carro similar ao que terá sido utilizado para fugir dos locais do ataque foi apreendido pelas autoridades junto à casa do suspeito também como prova do crime.

A Presidente da Comissão Europeia também se revelou chocada pelo crime cometido em Hanau e endereçou as condolências às famílias e amigos das vítimas.

Fonte: Euronews/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: