Quer melhorar o desempenho do seu cérebro? Siga estes conselhos

0

O cérebro é uma verdadeira máquina, muito mais potente do que qualquer computador já construído pelo homem. Mas como qualquer máquina, é preciso treiná-la para desenvolver o seu potencial na totalidade, o que por consequência lhe vai trazer muito mais saúde e vitalidade.

Segundo Juliano Pimentel, médico e fisioterapeuta que estuda a área da alimentação saudável, o potencial criativo e produtivo do cérebro pode e deve ser explorado.

E se pensa que para isso são precisas atividades complexas que lhe roubem muito tempo tão necessário na atual correria que é a nossa vida desengane-se.

O especialista explica que bastam algumas práticas simples e do dia-a-dia para estimular o cérebro, ajudando-o a manter a sua vitalidade e energia.

Yoga. O yoga combina respiração, postura e meditação que, no seu conjunto, ajudam a engrossar as camadas do córtex cerebral. Estudos indicam que o yoga muda a química do cérebro e ajuda o órgão a não perder matéria cinzenta. A prática do yoga está ainda associada a um melhor desenvolvimento da perceção, controlo motor, autoconsciência, experiência interpessoal, inibição, controlo de impulsos, processamento de memória, emoções e tomada de decisões.

Malabarismo. O malabarismo melhora a coordenação motora. O treino da coordenação aumenta a matéria cinzenta do cérebro e melhora as conexões entre células. Um estudo realizado pela Universidade de Oxford aponta que todas as pessoas que praticaram malabarismo tiveram uma melhoria da massa branca no lóbulo parietal, que consequentemente aumenta a consciência espacial, cinestesia e senso de toque.

Meditação. A meditação é uma prática conhecida por melhorar o desempenho cerebral. A meditação guiada leva a alterações de áreas como memória, compaixão e stress.

Tocar instrumentos. Tocar instrumentos aumenta o tamanho cerebral e tem impacto ainda maior em crianças até aos sete anos de idade, pois são criadas melhores conexões através de uma parte do cérebro que liga os hemisférios direito e esquerdo. Estudos apontam que músicos possuem uma melhor informação sensorial de audição, toque e visão.

Alimentação. Investir em alimentos como salmão (ômega-3), frutas e legumes de cor vermelha ou roxo escuro, como mirtilos e morangos (por causa dos antioxidantes), tomate (pelo licopeno), alimentos ricos em vitamina B e C são excelentes aliados da saúde cerebral.

Sexo. Ter uma vida sexual ativa auxilia na formação de novos neurónios e melhora a função cognitiva.

Exercícios cardiovasculares. A aeróbica melhora significativamente a área cinzenta e branca do cérebro.

Jejum intermitente. Esta prática melhora a saúde do corpo como um todo, incluindo o cérebro. Estudos indicam que ele promove a produção de fator de crescimento neurotrópico cerebral, uma proteína que promove o crescimento e a proteção dos neurónios.

Evitar drogas e tabaco. As drogas psicotrópicas e o tabaco danificam permanentemente o cérebro, por isso, é importante não aderir a estas práticas para manter a saúde do corpo e da mente.

Leitura, palavras cruzadas e jogos de raciocínio lógico. Estas práticas estimulam a área criativa e lógica do cérebro.

Fonte: Lifestyle/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: