Quatro das vítimas da explosão no Golfe em estado grave

0
VÍTIMAS RECEBEM TRATAMENTO NO HOSPITAL GERAL DE LUANDA

Quatro das treze vítimas da explosão de um engenho registada hoje (sexta-feira), no Golfe I, município do Kilamba Kiaxi, encontram-se em estado crítico e duas foram encaminhadas para o bloco operatório.
De acordo com a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, os quatro pacientes sofreram graves lesões nos membros inferiores, pelo que aventou a possibilidade de em alguns casos serem amputados.
“Todas as medidas estão a ser tomadas, os doentes estão estabilizados e felizmente não houve nenhuma morte, mas temos que realçar que temos quatro casos em situação bastante delicada”, frisou.
As vítimas foram atendidas inicialmente no hospital do Avó Kumbi, Kilamba Kiaxi e transferidas para o Hospital Geral de Luanda, com o apoio do Instituto Nacional das Emergências Médicas em Angola (INEMA).
A ministra Sílvia Lutucuta informou que foi constituída uma equipa multidisciplinar para atender as vítimas, constituída por especialistas dos hospitais do Prenda, Multiperfil, David Bernardino e Américo Boavida.
As vítimas, adultos e crianças, ficaram feridas na sequência da explosão de um engenho na área do Mercado dos Correios, Distrito Urbano do Golfe.
Os cidadãos envolvidos no incidente dedicam-se a recolha de ferro e outros metais para venda.
O artefacto foi encontrado numa lixeira do Distrito Urbano do Palanca e foi levado para o Golfe I com o objectivo de ser comercializado, segundo uma das vítimas.

Fonte: Angop/AF

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: