Portugal com 2.ª maior quebra na UE dos preços na produção industrial

0

Portugal registou em dezembro a segunda maior quebra dos preços na produção industrial em termos homólogos (-2,6%) e também em cadeia (-1,0%) entre os Estados-membros da União Europeia (UE), divulgou hoje o Eurostat.
De acordo com os dados hoje publicados pelo gabinete estatístico europeu, em dezembro do ano passado, face ao mesmo mês de 2018, os preços na produção industrial recuaram 0,7% na zona euro e 0,4% na UE, com Portugal a apresentar a segunda maior quebra em conjunto com a Estónia (ambos com -2,6%), apenas atrás de Itália (-3,1%).
As principais subidas homólogas foram assinaladas na Grécia (4,7%), Bulgária (4,5%) e Roménia (4,4%).
Na comparação em cadeia, face a novembro de 2019, em dezembro os preços na produção industrial mantiveram-se estáveis tanto na zona euro como no conjunto da União — depois das ligeiras subidas registadas em novembro face a outubro, de 0,2% e 0,1%, respetivamente -, com Holanda e Roménia a registarem as maiores subidas (ambas 0,5%), seguidas da Grécia (0,4%), enquanto as maiores quebras foram verificadas na Estónia (-1,3%), em Portugal (-1,0%) e na Finlândia (-0,7%).

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: