Petrolíferas venderam 277 milhões aos bancos

0

AACacACOs bancos comerciais compraram 277.747.464 dólares ao sector do Petróleo e Gás no mês de Janeiro, o primeiro depois da entrada em vigor do Aviso 13/19 que, no fim de Dezembro, levou o BNA a abdicar da intermediação da aquisição de divisas aos operadores da indústria dos hidrocarbonetos, autorizando transacções directas entre estas e a banca comercial.
Numa nota divulgada no seu site na Internet, o Banco Nacional de Angola (BNA) indica que, naquele período, a banca absorveu, também, 95 mil euros do sector do Petróleo, tendo-se registado 101 transacções para a aquisição de dólares e apenas duas para a compra da moeda europeia.
Naquele período, a taxa de câmbio média para a compra de dólares de 500,909 kwan-zas por unidade, e a do euro situou-se em 541,598 kwanzas, de acordo com os dados publicados pelo banco central.
De acordo com números obtidos pelo Jornal de Angola, os 277,7 milhões de dólares obtidos pelos bancos comerciais juntam-se a outros 813,6 milhões passados, naquele mês, aos bancos comerciais pelo BNA, o que revela uma disponibilidade de divisas para as transacções de invisíveis correntes naquele mês situadas em 1,9 mil milhões de dólares.
A medida de as petrolíferas venderem directamente divisas à banca comercial foi adoptada a 29 de Novembro de 2019, na penúltima reunião do Comité de Política Monetária do BNA.
Com essa medida, o BNA perseguia a normalização do mercado cambial, com a redução da intervenção directa, o aumento do número de participantes do lado da oferta e a dinamização do mercado cambial interbancário.
Associado a essa medida, o BNA decidiu também reduzir o limite da posição cambial dos bancos comerciais de 5,00 para 2,5 por cento, com o que dá maior margem à oferta nos bancos comerciais.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: