Pescadores franceses já estão a ser afetados pelo Brexit

0

Os pescadores franceses já começaram a sentir os efeitos do Brexit. O acesso às águas da zona económica exclusiva do Reino Unido já está a ser posto em causa.
Em paralelo com o Brexit, Downing Street suspendeu a convenção de Londres, que permitia, desde 1965, o acesso dos pescadores de diversos países europeus às águas britânicas.

“Isto põe em perigo a nossa atividade. Vai ser muito difícil a sobrevivência para empresas pequenas como a nossa”, queixa-se o pescador francês, Frank Le Doussalsur.
30% da atividade de pesca francesa é feita em águas britânicas. Paris promete negociar localmente uma solução. Guernesey e as ilhas do canal não estão integradas no acordo do Brexit.
Do outro lado da Mancha, os pescadores britânicos dizem-se aliviados: “Felizmente. Isto é uma grande mudança para a indústria. Muitos pescadores esperam que seja uma grande mudança porque estivemos assim por 40 anos… Só queremos de volta o que é nosso”, afirma um de forma anónima.
Para além de perderem as águas territoriais britânicas, os pescadores franceses, apanhados nas malhas do Brexit, temem ainda que os colegas de outros países europeus que não vão poder continuar a pescar em águas britânicas, venham agora pescar em águas francesas.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: