Pensionistas vão ser recadastrados

0

O recadastramento dos pensionistas, de forma presencial, esclareceu, visa identificar possíveis falhas e assegurar o bom funcionamento do processo de atribuição de subsídios.
O responsável esclareceu, ainda, que a província do Huambo não foi contemplada no ano passado, porque a Comissão encarregue por este trabalho deu prioridade a outras regiões do território nacional.
O subsídio para os antigos combatentes e veteranos da Pátria ronda entre os 19 mil e 23 mil kwanzas por mês. Segundo Irineu Cândido Leonardo Sacaála, a maior cifra é atribuída aos antigos combatentes e aos deficientes de guerra.
Do universo a ser recadastrado, esclareceu, 665 são antigos combatentes e veteranos da Pátria, 1.444 deficientes de guerra, 2.560 órfãos de antigos combatentes, 454 viúvas, 91 ascendentes e 89 acompanhantes.
Irineu Cândido Leonardo Sacaála informou que, para este ano, está, de igual modo, em carteira o plano de atribuição de 12 residências aos assistidos, sendo oito no município da Caála e quatro no do Cachiungo, bem como a realização de outras acções, para elevar a qualidade de vida dos pensionistas.
Em 2019, disse, foram realizadas visitas a vários pensionistas e prestado apoio institucional, sobretudo em situações de solicitação de crédito bancário.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: