ONU e Angola assinam acordo com visão no desenvolvimento sustentável

0
MINISTRO DA ECONOMIA E PLANEAMENTO, SÉRGIO SANTOS (À ESQ.) E O COORDENADOR RESIDENTE DA ONU EM ANGOLA, PAOLO BALLADELLI (À DIR.) RUBRICAM O ACORDO
Foto: DR

O Sistema das Nações Unidas e o Governo angolano assinaram esta manhã um acordo de cooperação para o desenvolvimento sustentável durante os próximos três anos. Boa governação, empoderamento das mulheres e criação de emprego estão entre as prioridades.
O acordo rubricado pelo Ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos e o Coordenador residente da ONU em Angola, Paolo Balladelli terá um investimento de aproximadamente 265 milhões de dólares.
Revitalizar a economia e o sector social, investir no empoderamento das mulheres e no profissionalismo dos jovens, criar emprego, reforçar o combate a pobreza, sobretudo nas zonas rurais, contribuir para melhorar o ambiente e apostar na boa governação estão entre os principais objectivos do acordo quadro de cooperação para o desenvolvimento sustentável, assinado entre o Executivo angolano e o Sistema das Nações Unidas. O acordo vai vigorar até 2022.
Estão já disponíveis 140 milhões de dólares, faltando angariar aproximadamente 120 milhões. O convênio acontece numa altura em que a ONU pretende reforçar a sua actuação nos diversos países. Por outro lado, Angola assegura o cumprimento das metas traçadas.
O programa será coordenado pelo Ministério da Economia e Planeamento. O ministro Sérgio Santos solicitou o apoio das Nações Unidas no que tange à inovação institucional, ou seja, transformar as ideias em projectos e transformar os projectos em benefícios para as populações. O governante pediu também mais inovação financeira.
Os objectivos no programa de cooperação do Governo angolano com as Nações Unidas estão alinhados com o plano nacional de desenvolvimento 2018-2022, e com as agendas 2030 e 2063 da União Africana.

TPA/YM

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: