Ministra quer plataformas informáticas no ensino universitário

0

A Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo, destacou, nesta quinta-feira, a necessidade de adopção de plataformas informáticas para facilitar o ensino universitário, principalmente, nesta fase de confinamento social, motivado pela covid-19.

No final de uma reunião da comissão para a política social do Conselho de Ministros, Maria Sambo defendeu a introdução das tecnologias de informação e comunicação no ensino, para além das horas destinadas nos planos dos cursos e de apoio ao ensino à distância.

Informou ter solicitado ao Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social para interceder junto das operadoras a fim de estas garantirem serviços de internet acessíveis.

Maria Sambo disse existir um projecto para capacitar docentes no uso das novas modalidades de ensino, referindo que a covid 19, para além de ser um flagelo, representa também uma oportunidade para a introdução de novas tecnologias de aprendizagem.

Considera justa a cobrança de 60 % de propina mensal nas instituições de ensino público e privado, para garantir a actividade lectiva, considerando as vozes discordantes como “mau entendimento” e “tentativa de desestabilização social”, repudiável.

Neste particular, apelou, na ocasião, a serenidade das pessoas e para que se evite o aproveitamento político da situação.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: