Mais 147 angolanos provenientes de Cuba ficam de quarentena

0

Um grupo de 147 cidadãos angolanos chegou, ontem ao país, proveniente de Cuba, devendo permanecer durante 14 dias em quarentena institucional. De acordo com o secretário de Estado para a Saúde Pública, os cidadãos vão cumprir o período de quarentena nos hotéis MD House, Pôr do Sol, Hotel Ilha Mar e Hotel Iu, todos em Luanda.

Franco Mufinda disse que a maior parte das pessoas estava em tratamento em Cuba e outros são acompanhantes destes. “É um voo de carácter humanitário. Já foram criadas as condições do ponto de vista médico, alimentação e de infra-estruturas, para que estes cidadãos fiquem de quarentena de forma confortável”, garantiu.

O secretário de Estado garantiu que antes de chegarem a Luanda, esses cidadãos fizeram testes da Covid-19, mas não houve casos positivos. Apesar destes resultados, acrescentou, terão de cumprir a quarentena e serão novamente testados, por saírem de um país (Cuba) onde existe a circulação do vírus.
Em função da indisciplina de algumas pessoas que não cumprem com rigor a quarentena institucional, Franco Mufinda aconselha as pessoas a obedecerem às medidas estabelecidas pelas equipas técnicas sanitárias, ficando cada um no seu quarto. Referiu que neste mo-mento, o centro de quarentena do Calumbo passa a servir para o tratamento de pacientes com casos leves. O mesmo vai acontecer com outras unidades hospitalares públicas e privadas.

JA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: