Maior produtor de preservativos no mundo fecha portas. Escassez à vista

0

Como tantas outras empresas, KarexBerhad, o maior produtor de preservativos no mundo, teve de parar atividade devido à pandemia de Covid-19. 

Segundo o The Guardian, a empresa, responsável por um em cada cinco preservativos no mundo, deixou de produzir há uma semana nas três das suas fábricas na Malásia. A situação pode levar a que haja brevemente falta destes contraceptivos no mundo.  

Até ao momento, a empresa já produziu menos 100 milhões de preservativos do que o normal, que geralmente são distribuídos a marcas internacionais, como a Durex, ou a hospitais e estabelecimentos de saúde, como por exemplo ao Sistema Nacional de Saúde britânico. 

Ainda assim, foi permitido excepcionalmente à empresa abrir portas, esta sexta-feira, mas apenas com 50% dos funcionários. “Vamos ter dificuldades em satisfazer a procura a meio gás”, alertou o diretor executivo da Karex Berhade, Goh Miah Kiatacrescentando não duvidar que haverá falta de preservativos no mundo inteiro brevemente “o que pode ser assustador”. 

O responsável ainda ressaltou que a sua maior preocupação prende-se com os programas humanitários: “Em África, esta falta não se verificará apenas durante duas semanas ou mês, poderá decorrer durante meses”.

Outros dos grandes produtores de preservativos no mundo são a China, a Tailândia e Índia, sendo que nestes últimos dois países o número de infetados devido à Covid-19 está a aumentar. 

Fonte: Lifestyle ao Minuto/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: