Luto na Cultura com a morte de Kueno Aionda

0
MÚSICO KUENO AIONDA DEIXA O MUNDO DOS VIVOS

Informações de amigos próximos, confirmam a morte prematura, do músico Kueno Aionda, na tarde desta quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2020 no hospital Américo Boavida.
Kueno Aionda foi internado há cerca de uma semana e o seu estado clínico inspirava cuidados redobrados.
Domingos Aionda, pai do cantor, declarou hoje ao jornal OPAÍS, que seu filho acabava de falecer num dos leitos do Hospital Américo Boavida.
De salientar que após a conclusão do processo de reabilitação da toxicodependência, o músico deixara patente que não mais voltaria a actuar em programas televisivos e radiofônicos, bem como em concertos, pois sentia a necessidade de se ausentar, uma vez que as coisas não estavam a acontecer tal como planeado.
Cantor e compositor, Kueno Merquides Vieira Aionda, nasceu a 29 de Maio de 1986, em Luanda. Desde muito cedo ganhou o gosto pela arte em particular pela música. Decidiu divulgar o seu talento, quando participou no concurso “Canta Canta” da Rádio Luanda conduzido por Pedro Benge em 2002.
Um ano mais tarde, participou num concurso de imitação e interpretação de músicas “Estrelas ao Palco”, exibido pela TPA.
Embora tenha fracassado em não conseguir a passagem para continuar no programa, o músico não desistiu e continuou na batalha, e inscreveu-se novamente no ano a seguir (2004), conseguindo alcançar o Terceiro Lugar, ao interpretar a música “Sei”, do Grupo Afrikando.
Apesar da proeza no ano anterior, o mesmo não aconteceu em 2005, quando interpretou a música composta por Voto Gonçalves denominada “Carnaval”, no Festival da Canção de Luanda, promovido pela Radio Lac. Em 2006 volta a participar no mesmo Festival, com a canção “Vencerás” de sua autoria e mais uma vez não saiu vencedor.
Estas perdas não o abalaram, antes pelo contrario seguiu em frente e de cabeça erguida continuou a batalha pela conquista do seu sonho. Em 2010 volta a concorrer no Festival da Canção de Luanda, com a música “Tu Vives em Mim”, e finalmente a conquista pelo primeiro lugar tornou-se uma realidade.
Em 2011, foi o representante da província de Luanda ao “Variante”, concurso de música popular angolana, onde conquistou o terceiro lugar.
O Ano 2012 foi a porta de entrada para o Mercado nacional, vendo a sua música “Tu Vives em Mim”, entre as mais tocadas nas Rádios, por este motivo mereceu o prémio de Kizomba do Ano no Top Rádio Luanda. Em 2013, o sucesso foi consumado com o lançamento do seu primeiro trabalho discográfico.
O álbum foi lançado no dia 07 de Julho de 2013. Com o lançamento do seu primeiro disco, viu o seu nome entre os dez artistas mais queridos de Angola, no Top dos Mais Queridos, realizado pela Rádio Nacional de Angola. Nesta edição recebeu o prémio “Artista Revelação”.
Em Janeiro de 2014, foi o músico convidado a apresentar-se em Show no conceituado Top Rádio Luanda, onde também mereceu o troféu “Balada do Ano” com a música “Porta Aberta”. Desde então, tem estado firme entre as novas referências da música Angolana.

Fonte: Opaís, Angonotícias

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: