Ilhas Cook são um dos primeiros países a declarar-se livres da Covid-19

0

Escolas, cafés e restaurantes vão reabrir já na segunda-feira, mas algumas restrições irão permanecer.

As Ilhas Cook, um país autónomo situado no Oceano Pacífico composta por 15 ilhas com uma população de menos de 18 mil habitantes, tornou-se, este sábado, numa das primeiras nações de todo o mundo a declarar-se formalmente livre de Covid-19.

Num discurso feito à população, o primeiro-ministro, Henry Puna, enalteceu a forma como todos os cidadãos cumpriram as normas, o que acabou por ser fundamental para ultrapassar aquela que foi “uma das maiores ameaças do país na história moderna”.

O responsável político informou que todos os testes feitos nos últimos dias resultaram negativo por infeção pelo novo coronavírus, pelo que irá dar início à ‘reabertura’ do país já a partir da próxima semana, como relata o portal Cook Islands News.

Nesse sentido, todas as escolas, cafés e restaurantes irão reabrir portas já na próxima segunda-feira, ainda que os responsáveis tenham que assegurar que um razoável distanciamento social é mantido no interior.

Além disso, será possível voltar a viajar entre ilhas e os desportos sem contacto também poderão ser retomados. O governo irá, agora, analisar se já será razoável levantar as restrições impostas na venda de bebidas alcoólicas.

NM

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: