Hemodiálise vai evitar deslocações de doentes

0

Marcos Nhunga fez este pronunciamento quando discursava na cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano, tendo referido que o Serviço de Hemodiálise poderá entrar em funcionamento a partir de Janeiro de 2020 na província de Cabinda, e vai beneficiar pacientes que têm procurado tratamento em outras províncias de Angola ou no estrangeiro.
O governante fez saber, na mesma esteira, que estão quase concluídas as obras do local onde vai ser instalado o aparelho de Tomografia Axial Computorizada (TAC), cujos técnicos, que vão operar os equipamentos a partir de Janeiro do próximo ano, estão a ser capacitados, “facto que vai elevar a qualidade do serviço de saúde da província de Cabinda”.
Sobre o sector da Educação, Marcos Nhunga reconheceu que carece de mais professores e carteiras, “para melhorar a qualidade de ensino e aprendizagem na região”, adiantando que o Governo Provincial está a trabalhar para inverter o actual quadro, prevendo admitir novos professores e adquirir mais carteiras para o próximo ano lectivo que arranca brevemente.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: