Governo melhora condições de trabalho das parteiras tradicionais

0

Cinquenta parteiras tradicionais da comuna do Mbave, município da Chicala-Cholohanga (Huambo), receberam, no início desta semana, vários kits de trabalho, numa iniciativa do Governo do planalto central, em parceria com o Fundo Lwini.

Entre os bens oferecidos no encerramento das comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher Rural, assinalado a 15 de Outubro, constam, entre outros, tesouras, batas, sabão, luvas, bacia, ligaduras, aventais, bisturis e pinças, que ajudarão no exercício do trabalho das parteiras.

Neste âmbito, as beneficiárias foram capacitadas em diversas matérias sobre o exercício da actividade, com realce para a higiene e segurança de vida dos recém-nascidos e das parturientes.

Ao intervir no acto, a directora da Acção Social, Família e Igualdade de Género na província do Huambo, Maria de Fátima Cawewe, informou que a iniciativa visa, sobretudo, potenciar as parteiras com meios adequados e proporcionar-lhes melhores condições para o exercício da actividade.

A responsável realçou, por esta razão, o importante papel das parteiras tradicionais nas comunidades, contribuindo na prestação de assistência médica pontual e necessária às gestantes, além de ajudarem na diminuição do fluxo de partos nas várias unidades sanitárias da província do Huambo.

Maria de Fátima Cawewe referiu ainda que esta classe tem contribuído, de forma significativa, na redução dos índices de mortalidade materno-infantil nas comunidades rurais, daí a necessidade das autoridades continuarem apoiar incentivar esta franja da sociedade, para a promoção do bem-estar comum.

Decorridas sob o lema “Investir na mulher é garantir o desenvolvimento das comunidades”, durante as jornadas, abertas a um (01) de Outubro, foram realizados encontros de auscultação às cooperativas e associações de famílias camponesas, debates, seminários de capacitação, entre outros.

O Dia da Mulher Rural, instituído pelas Nações Unidas, tem como objectivo elevar a consciência mundial sobre o seu papel no fortalecimento da sociedade, economia no geral e das famílias, em particular. Esta efeméride foi instituída durante a 4.ª Conferência Sobre a Mulher, realizada em Beijing (China), em 1995.

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: