Governo certifica óbitos de vítimas do 27 de Maio

0

As autoridades angolanas entregam, quinta-feira, certidões de óbito a familiares das vítimas do 27 de Maio de 1977, informou, em Luanda, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz.

Em declarações à imprensa, no final da 5ª reunião do Conselho de Ministros, o governante disse haver muitos pedidos para a emissão de certidões de óbito, sublinhando que a entrega dos documentos simboliza a “expressão concreta da reconciliação e do perdão, em memória de todas as vítimas deste acontecimento”.

Adiantou que o Estado promove uma celebração no dia 27 de Maio, para transmitir um sinal claro de que “o 27 de Maio não é um acontecimento para esquecer, mas para lembrar, para que nunca mais aconteça”.

Anunciou que serão realizadas cerimónias em Luanda, especificamente no cemitério de Santa Ana e no largo da Independência, onde serão depositadas coroas de flores.

Segundo o programa da homenagem, apresentado em reunião da Comissão de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos, realizada na tarde desta terça-feira, estão previstas intervenções de representantes do Governo e da Fundação 27 de Maio.

Prevê-se ainda a realização de uma missa, em homenagem às vítimas do 27 de Maio.

Esta será a primeira vez que o Governo homenageia as vítimas dos factos ocorridos a 27 de Maio de 1977, em que um grupo de dirigentes e militantes do MPLA tentou derrubar a então liderança do partido, tentativa frustrada pelas forças de segurança, que resultou em detidos, mortos e desaparecidos.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: