Floyd-19: O comentário que levou a Reebok a cortar relações com CrossFit

0

Várias marcas, incluindo a Reebok, cortaram relações com a marca CrossFit após um comentário do dono da empresa Greg Glassman acerca da morte de George Floyd.

Greg Glassman terá feito um comentário nas redes sociais onde fazia uma relação entre as manifestações pela morte do afro-americano e o risco de propagação da Covid-19. Este escreveu ‘Floyd-19’.

Para além disso, o homem terá sido alvo de críticas depois de ter recebido um email de uma marca afiliada que lhe pedia uma reação à polémica morte de George Floyd.

“Acredito sinceramente que a quarentena teve um impacto negativo na sua saúde mental”, respondeu Greg, chamando-lhe ainda de “louca”.

Outras marcas não gostaram destas atitudes e decidiram cortar relações com a marca de fitness, o que levou este último a tentar justificar-se.

Greg veio a público garantir que o “Crossfit não defende o racismo” e diz que a sua publicação apenas pretendia alertar para o facto de se estar a quebrar as regras confinamento que haviam sido implementadas para tentar conter o vírus.

Fonte: JA/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: