Ex-Presidente do Mali regressa ao país após 7 anos de exílio no Senegal

0

Acompanhado pela sua família, Amadou Toumani Touré foi recebido, no final de domingo, no aeroporto de Bamako, em Mali, por cerca de mil apoiantes, de onde seguiu para a sua residência.

“Estou bem e feliz por estar aqui”, disse o ex-chefe de Estado, de 71 anos, que já tinha estado no Mali em dezembro de 2017, numa breve estada.

Agora, regressou de vez depois de sete anos de exílio no Senegal, segundo fontes próximas de Amadou Toumani Touré.

Toumani Touré foi eleito Presidente em 2002, reeleito em 2007 e foi derrubado em 22 de março de 2012, por soldados que o acusaram de incompetência face à rebelião no norte do país.

Em abril de 2012, renunciou formalmente ao cargo e, em seguida, deixou o Mali para o vizinho Senegal, onde manteve uma presença discreta.

Amadou Toumani Touré, que permaneceu popular, não comentou oficialmente sobre os seus planos, mas fontes próximas afirmam que não voltará à política.

No entanto, há apoiantes que acreditam num eventual regresso à política de Toumani Touré num momento em que a situação do país é extremamente preocupante, segundo a agência France-Presse.

“Vim dar as boas-vindas ao ‘ATT’ [como é conhecido Amadou Toumani Touré]porque ele é o pai da democracia maliana”, disse à agência noticiosa Oumar Touré, professor de 32 anos.

Para outro dos seus apoiantes, “o país precisa de ATT, da sua experiência”, pois “desde que deixou o poder, nada mudou no Mali”.

Fonte: NM/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: