EUA disponibilizam 21 milhões para melhorar nutrição em Moçambique

0

“Estes dois projetos vão reduzir as taxas de nanismo na infância e melhorar o estado nutricional de mulheres grávidas, meninas adolescentes e crianças menores de dois anos”, refere-se no comunicado distribuído hoje à imprensa.

Os projetos, lançados na terça-feira, vão ser implementados em 12 distritos da província de Nampula nos próximos cinco anos, beneficiando um total de 550 mil moçambicanos naquela região.
“A má nutrição no início da vida pode ter efeitos negativos duradouros na saúde, educação e contribuição económica de uma pessoa para a sua comunidade”, refere-se no documento.
A província de Nampula tem uma taxa de nanismo de 55% em crianças menores de 5 anos, 12% superior à média nacional, e 51% das meninas adolescentes da província são anémicas, segundo dados oficiais, avançados pela embaixada norte-americana.
Dados do Secretariado Técnico de Segurança Alimentar e Nutricional de Moçambique indicam que 43% das crianças até aos cinco anos no país enfrentam desnutrição crónica.
Os Estados Unidos disponibilizam anualmente mais de 500 milhões de dólares (449 milhões de euros) para melhorar a qualidade da educação, saúde, crescimento económico e o desenvolvimento geral de Moçambique, segundo a embaixada norte-americana em Maputo.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: