Equipa científica treina louva-a-deus a pescar, mas não esperava resultado mortífero

0

Apesar de ser um caso curioso e o primeiro desse tipo, o estudo demonstra que esses animais são capazes de aprender coisas complexas.

De facto, já era de nosso conhecimento que o louva-a-deus pode devorar rãs, aves pequenas, tartarugas ou ratos, entretanto, nunca houve registos de que eles eram capazes de pescar, facto que foi demonstrado por um estudo recente publicado na revista Journal of Orthoptera Research.

O comportamento do insecto foi originado da manipulação da equipa de cientistas, liderada por Roberto Battiston dos Museus Canal de Brenta na Itália, no entanto, isso serviu para observar que um macho adulto da espécie era capaz de caçar e devorar peixes barrigudinhos em um lago privado na Índia. Além disso, o insecto esteve cinco dias em uma pequena piscina, onde capturou nove dos quarenta peixes. Durante a caçada, o insecto caminhou sobre folhas e plantas aquáticas, utilizando as mesmas como plataforma de pesca, onde esperava pacientemente pela aproximação das vítimas, fisgando e cravando suas poderosas patas dianteiras.

O estudo sugere que os louva-a-deus são capazes de aprender coisas complexas, já que os peixes não se movem como outros insectos ou animais que eles costumam caçar. Além disso, eles demonstraram ser capazes de desenvolver habilidades técnicas e estratégicas efectivas de pesca.

No entanto, o estudo ressalta que “a abundância da presa em um lugar particular relacionada à facilidade de capturar e suas propriedades nutricionais poderiam ser factores importantes para essa escolha, podendo influenciar indiretamente na aptidão individual, o que deverá ser estudado posteriormente”.

A espécie demonstrou habilidades visuais, visto que, evoluiu na captura na luz do dia e se tornou um excelente caçador na escuridão, facto registrado durante o estudo, pois a actividade aconteceu entre o fim do dia e a madrugada.

Fonte: Sputnik / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: