Endiama assina acordo de cooperação com CCIA-EAU

0

A Empresa de Diamantes de Angola (Endiama) e a Câmara de Comércio e Indústria Angola – Emirados Árabes Unidos (CCIA-EAU) rubricaram, hoje, um acordo que visa, essencialmente, a promoção da diamantífera angolana nesse país asiático, por meio da Plataforma AIM.

Foram signatários, o presidente do Conselho de Administração da Endiama, José Manuel Ganga Júnior, e o presidente da (CCIA-EUA), Braulio Mohamed Martins. Dentre outros objectivos, o acordo visa captar investimentos da Endiama, através da plataforma Árabe AIM, um instrumento que maximiza os contactos e as relações económicas entre os investidores.
Nos termo dessa cooperação, a Câmara de Comércio e Indústria Angola-EAU vai proporcionar a informação precisa e os contactos certos para iniciar e fazer crescer parcerias prósperas, sejam operações de importação ou exportação, sejam de investimentos ou joint-ventures (acordos empresariais).
De acordo com o presidente da (CCIA-EUA), Braulio Mohamed Martins, Angola, por meio da Endiama, terá mais visibilidade no que toca às acções comerciais e não só, pois todos os países que fazem parte da referida plataforma criam mais condições para o crescimento do PIB do seu Estado.
Até ao momento os países participantes da referida plataforma, com destaque para os países mais desenvolvidos como a China, Alemanha, Rússia, EUA, entre outros, observaram um crescimento económico de até 40%.
Entre países “filiados” ao AIM, que existe já a onze anos no mercado, constam empresas dos ramos do Seguro, da Banca, Construção, entre outras cruciais para a operacionalização das economias locais.
Na ocasião, o gestor considerou Angola um país seguro e fértil, sendo propício para captação de grandes investimentos a todos os níveis do mercado.
Por seu turno, o presidente do Conselho de Administração da Endiama, José Manuel Ganga Júnior, mostrou-se satisfeito com o acordo celebrado e disse ser imprescindível o referido contrato porque servirá para alavancar os projectos da diamantífera que quer  continuar a elevar a sua marca a nível internacional.
Ressaltou que a Endiama continuará a apostar na produção diamantífera e também na agricultura, para maximizar os lucros nas áreas em que estão situadas as minas.
Relações entre Angola e Emirados Árabes Unidos
As relações entre Angola e os Emiratos Árabes Unidos são uma realidade com um futuro promissor. Na verdade, há um vasto mundo de oportunidades de negócios aberto às empresas das duas nações.
A Câmara de Comércio e Indústria Angola-EAU tem como objectivo o desenvolvimento e o fortalecimento das relações comercial, industrial e de investimento, entre os dois países, numa base de mútuo interesse.
Angola (em África) e os EAU (na Ásia) são membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e rubricaram, em Junho de 2015, dois acordos: um de cooperação económica e técnica e outro de criação da Comissão Mista.
Os Emirados Árabes Unidos são uma confederação de monarquias árabes localizada no Golfo Pérsico, e têm a sexta maior reserva de petróleo do mundo, sendo uma das mais desenvolvidas economias do Médio Oriente.
O país tem, actualmente, a trigésima sexta maior economia do mundo. É um dos países mais ricos do mundo por Produto Interno Bruto (PIB) e per capita de 54. 607 dólares, de acordo com o FMI.
Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: