Edições Novembro doa cinco milhões de kwanzas para a campanha “Abraço Solidário”

0

A Edições Novembro, proprietária do Jornal de Angola e de outros títulos, doou, on-tem, em Luanda, cinco mi-lhões de kwanzas em alimentos para apoiar famílias em situação de vulnerabilidade no Sul do país, no âmbito da campanha “Abraço solidário, somos Angola”.

A iniciativa filantrópica, promovida por órgãos de Comunicação Social públicos, privados e empresas do sector das Telecomunicações, visa a recolha de donativos para as vítimas da seca.

Arroz, açúcar, feijão, óleo, massa, fuba, sal, sabão e enlatados constam entre os bens doados pela Edições Novembro, cujas delegações provinciais estão orientadas a recolher mais produtos para apoiar as vítimas da seca, que necessitam também de medicamentos, roupa, calçado, material de construção, de biossegurança e de higiene e limpeza.

Os donativos podem ainda ser entregues na agência da Centralidade do Sequele, na vila de Cacuaco, no Centro de Produção, em Viana, e na Gráfica, situada na Cuca, município do Cazenga, das 7 às 18 horas. A Edições Novembro apela às instituições governamentais e não governamentais, religiosas, empresários, bem como a sociedade em geral no sentido de se juntarem à campanha para minimizar as dificuldades das vítimas da seca nas províncias do Cunene, Cuando Cubango, Huíla e Namibe.

Até ontem, a campanha “Abraço solidário, somos Angola” já tinha arrecadado, em Luanda, cerca de 150 toneladas de bens diversos, entregues por instituições públicas, empresários e pessoas colectivas e/ou singulares, no Campo Manuel Berenguel da Rádio Nacional de Angola, Entreposto Aduaneiro, Centro de Produção da TPA da Camama, nas respectivas delegações provinciais, delegações dos Correios de Angola e rádios provinciais.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: