Dyson quer abrir fábrica de carros elétricos em Singapura

0

A intenção de entrada no segmento auto foi feita em 2017, com James Dyson, o fundador da empresa, a afirmar que os seus carros iriam ser radicalmente diferentes dos carros elétricos atuais. A Dyson terá reservdo mais de 2,3 mil milhões de euros para esta operação e anunciou agora que o Conselho de Administração deu luz verde à construção de uma fábrica em Singapura.

Há relatos que indicam que a Dyson prepara-se para ter uma família de VE, com um modelo de topo e outros dois modelos de entrada, destinados às massas. O The Verge reconhece que o passo pode parecer invulgar, mas lembra que a empresa já tem experiência na construção de componentes como baterias ou motores semelhantes aos que são usados nos carros elétricos.

A construção da nova fábrica deve começar em dezembro, com a intenção de a ter completamente funcional em 2020. Antes disso, a empresa deverá contratar até 300 especialistas para integrar a equipa de Investigação e Desenvolvimento, sedeada no Reino Unido.

A Dyson já tem outras três instalações em Singapura, incluindo uma fábrica para motores elétricos e um laboratório de investigação focado em AI. O primeiro carro elétrico da Dyson deve surgir em 2021.

Fonte: Exame Informática / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: