Detido cidadão por uso ilegal de ambulância do INEMA

0

A Polícia Nacional no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, deteve, esta segunda-feira, um cidadão acusado de exercer serviço de táxi com uma ambulância do Instituto Nacional de Emergência Médica de Angola (INEMA).

Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Mbanza Kongo, o cidadão, por sinal motorista desta instituição na região, foi detido depois de ter saído com a viatura com o protesto de a mandar lavar numa das estações da cidade, tendo sido encontrado no troço liga Mbanza Kongo/ comuna de Madimba a fazer táxi, com quatro passageiras a bordo.

Essas passageiras disfarçadas de enfermeiras, acrescenta a fonte, foram encontradas com batas descartáveis disponibilizadas pelo acusado para tentar ludibriar as autoridades policiais estacionadas ao longo da estrada nacional 120, que liga Mbanza Kongo à comuna de Madimba.

À imprensa, o responsável do INEMA na região, Manuel Jorge, confirmou a detenção do seu colega graças a uma denúncia anónima.

“Através de uma denúncia, fomos comunicados que havia uma ambulância do INEMA no troço rodoviário Mbanza Kongo/Madimba, quando na verdade só sabíamos que o motorista saiu para mandar lavar a viatura numa das estações da cidade”, explicou a fonte.

O INEMA na província do Zaire está implantado apenas na cidade de Mbanza Kongo onde controla cinco ambulâncias, das quais duas avariadas.

A instituição funciona com 12 técnicos entre médicos, enfermeiros e pessoal auxiliar.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: