Covid-19: Testagem custa mais de 180 mil kwanzas na Clínica Medical Center

0

O País volta a reabrir espaço aéreo a partir de 30 de Junho, mas a autorização de viagem só é permitida após a realização de um teste contra a Covid-19. Por enquanto, apenas uma clínica privada dispõe do teste a um preço de 185 mil kwanzas.

Os cidadãos nacionais e estrangeiros que pretendam deslocar-se ao exterior já poderão realizar as suas viagens a partir do dia 30 deste mês, quando for reaberto o espaço aéreo nacional. Em contrapartida, os passageiros deverão passar pelo «crivo» das autoridades sanitárias nacionais, sendo obrigatória a realização de um teste de base molecular RT-PCR, SARS-COV-2, à Covid- 19, até oito dias antes da data do embarque.

O teste deve ser administrado por entidades devidamente certificadas pelas autoridades de saúde do país de origem.

No que diz respeito a este tipo de teste, no país, apurou o Novo Jornal do Ministério da Saúde (MINSA), apenas três instituições públicas têm disponíveis tais aparelhos, nomeadamente o Instituto Nacional de Investigação e Saúde (INIS), o Instituto Nacional de Luta contra a Sida (INLS) e o Hospital Militar.

Segundo a ministra da Saúde, Sílvia Lucutuca, a compra de cada teste no exterior não custa menos de 80 dólares (48 mil kwanzas).

De acordo com o secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, apenas a clínica Luanda Medical Center tem material para fazer o teste de RT-PCR.

“Por enquanto, só a Luanda Medical Center (LMC) tem. Ninguém sabe se as outras já importaram. Em qualquer momento, pode haver outras clínicas que também possam fazê-lo”, explica.

De acordo com Leonardo Inocêncio, algumas instituições privadas até têm os aparelhos, mas falta-lhes reagentes, substâncias que têm sido um grande problema até para o próprio Estado, razão que pode explicar o preço (185.500 kwanzas ) praticado pela Luanda Medical Center.

“Existem privados que também têm as suas influências e, a qualquer momento, podem conseguir”, reforça.

Por enquanto, a Luanda Medical Center é a única instituição de saúde privada que assume publicamente a disponibilidade de testes.

O NJ contactou o serviço de atendimento da referida clínica e foi informado de que a instituição está a realizar testes à Covid-19, na sua dependência localizada na Mutamba, a um valor de 185.500 kwanzas.

De acordo com a LMC, a realização de teste não requer marcação prévia, sendo o tempo de espera para o atendimento não superior a cinco minutos, devido à preparação das condições. O resultado fica disponível 72 horas depois.

Segundo o que apurou o NJ, a Clínica Multiperfil até tem disponíveis os testes, mas ainda não tem data prevista para começar a testar.

O Decreto-Executivo Conjunto dos Ministérios do Interior, dos Transportes, da Saúde, Cultura, Turismo e Ambiente, publicado a 12 de Junho, no Diário da República, no âmbito da situação de calamidade pública para a prevenção e risco de propagação da Covid-19, regula o regresso ao país de cidadãos nacionais e estrangeiros.

FONTE: NOVO JORNAL/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: