Covid-19: TAAG transporta dois mil passageiros em emergência

0

A Transportadora Aérea Angolana de Bandeira (TAAG) realizou 205 voos, de carácter humanitário e emergencial, transportando pelo menos dois mil cidadãos, durante o Estado de Emergência em Angola, em vigor desde o dia 27 de Março, face ao novo coronavírus (covid-19).

Em conferência de imprensa de balanço dos últimos 15 dias desse regime excepcional, o ministro dos Transportes, Ricardo D’Abreu, informou que foram efectuados voos para dentro e fora do país, incluindo serviços prestados a outros países, no âmbito humanitário.

“A TAAG realiza, por semana, dois voos de carga e de ajuda a outros países nesse sentido”, disse, referindo-se exclusivamente ao período de isolamento social e cerca sanitária, que entra no seu terceiro momento, após segunda prorrogação hoje, para até o dia 10 de Maio.

Relativamente à possibilidade de o Governo retomar os voos de carácter comercial para Lisboa (Portugal), o ministro dos Transportes informou não haver previsões dessa medida entrar em vigor, em função do alastramento da pandemia.

Na ocasião, Ricardo D’Abreu considerou falsa a informação de que a TAAG está a despedir trabalhadores, reiterando que o que deverá suceder será a averiguação do excedente que essa empresa pública possui, mas que só deverá ocorrer no período pós-covid-19.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: