COVID-19: Munícipes de Cabinda acusados de violarem medidas

0

Os moradores dos bairros da periferia da cidade de Cabinda são acusados de violarem, as medidas de prevenção contra a covid-19, constantemente, com a realização de festas e outras actividades sociais proibidas no âmbito do Estado de Emergência.

Os actos de desobediência são mais evidentes nos finais de semana, violando sistematicamente as medidas de prevenção contra a covid-19.

Para combater os actos de desobediência, o coordenador da comissão municipal de contingência da Covid-19 em Cabinda, Manuel Guilherme, pediu aos coordenadores do bairros e membros ligadas a juventude para denunciarem os prevaricadores, ajudando, desta forma, as forças de defesa e segurança a tomar as medidas adequadas.

O responsável lembrou que o incumprimento das medidas preventivas contra a covid-19pode causar contaminação e propagação do vírus nas comunidades, daí a chamada de atenção aos coordenadores de bairros e membros da juventude para se desencorajar a realização de festas e outros actos sociais.

Em relação a distribuição de água, o também administrador adjunto de Cabinda para o sector político e social afirmou que a comissão municipal continua a envidar esforços para que o abastecimento através de cisternas chegue a todos os locais.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: