Covid-19: Base do Kwanda prevê baixa nas receitas para 2020

0

Os cerca de seiscentos e cinquenta e quatro trabalhadores  efectivos e contratados da Base Logística de Apoio às Empresas Petrolíferas do Kwanda, no município do Soyo, província do Zaire, foram   reduzidos para 166,  em consequência da Covid-19.

Desta  redução temporária  do pessoal, diz a comissão de  Gestão  da KWANDA , vai contabilizar prejuízos financeiros, na medida  em que, no cumprimento do estado de emergência,  poderá manter apenas os serviços mínimos.

A empresa público- privada previa arrecadar  103 milhões de dólares americanos em 2020.

Apesar  do impacto negativo da Covid-19 sobre as receitas da  empresa, a direcção da base do KWANDA  descarta a possibilidade de redução do pessoal.

Dos  trabalhadores da Base Logística do Kwanda, apenas 5 são estrangeiros . Os funcionários estão vinculados às áreas de transportes, Porto Comercial, manutenção de equipamentos mecânicos, restauração, serviços gerais e hotelaria,   energia e águas, entre outras, tendo a  ENI,SOMOIL,ESSO E ANGOLA LNG  como  as principais empresas na sua carteira de clientes.

Pedro Sumbo/Capitão Mateus.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: