COVID-19: Angola recebe 200 mil doses de vacinas

0

Angola recebeu, nesta quinta-feira, um lote de 200 mil doses da vacina da Sinopharm contra a Covid-19, numa doação da China.

À  semelhança da vacina AstraZeneca, a Sinopharm será, igualmente, ministrada em duas dose.

O processo de vacinação em Angola teve início no dia 2 deste mês, em Luanda, fruto das 624 mil doses da vacina da AstraZeneka recebidas no âmbito da iniciativa da Covax.

Para além de Luanda, o processo decorre também nas províncias de Cabinda, Benguela, Huambo e Huíla.

Numa primeira fase, as vacinas estão a ser administradas aos profissionais de saúde, professores de todos os níveis de ensino, pessoa idosa com mais de 65 anos com comorbilidades, efectivos dos órgãos de Defesa e Segurança, pessoas com drepanocitose e insuficiência renal crónica com mais de 18 anos de idade.

Em Luanda, a vacinação está a decorrer no Instituto de Ciências Policiais Osvaldo Serra Van-Dúnem, na Zona Económica Especial (ZEE), no Centro Turístico Paz Flor, no Magistério Primário Mutu-ya-Kevela e no Jardim da Cidade Alta.

As autoridades sanitárias prevêem vacinar 54 por cento da população, um total de 16.823.284 indivíduos maiores de 16 anos.

Para tal, o país recebeu 624 mil doses da vacina, num universo de dois milhões e cento e setenta e duas, que estão a ser administrados aos grupos de risco e profissionais da linha da frente, mormente profissionais da saúde, membros das forças da ordem pública, segurança e defesa, idosos e pessoas com comorbilidades.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: