Comentaristas abordam adaptação de Carlinhos no Young

0

Capacidade de adaptação ao modo de vida, mentalidade para suportar a pressão dos adeptos para demonstrar a sua qualidade são os principais desafios do angolano Carlos do Carmo “Carlinhos”, apresentado terça-feira como jogador do clube Young Africans da Tanzânia.

O médio, com contrato de duas épocas e que nesta quarta-feira efectua os testes médicos, terá ainda de ser regular na sua forma desportiva, numa altura em que será o primeiro atleta nacional a evoluir na Liga de futebol daquele país.

Falando à Rádio-5, o comentarista desportivo Paulo Tomás afirmou que a saída do jogador para o profissionalismo já devia ter ocorrido, lembrando que à pandemia da covid -19 inviabilizou a sua contratação por um dos vários clubes da Europa.

Referiu que a qualidade do atleta confere pensamento optimista de que terá o seu espaço na nova equipa, até pelo acumular de experiência enquanto jogador do Petro de Luanda e Interclube, duas formações de destaque no futebol nacional.

“Jogar na Tanzânia é uma oportunidade para novos voos nesta etapa da sua carreira. Agora, tudo depende de Carlinhos, que já demonstrou ser um jogador talentoso e humilde”, reiterou.

Já para o também comentarista desportivo António da Luz, o jogador, que se iniciou no futebol de salão, vai evoluir num clube com adeptos exigentes que fazem lembrar os do Kabuscorp do Palanca.

O professor de educação física disse esperar que Carlinhos tenha boa estrutura psicológica para suportar à fase de adaptação, sendo fundamental que seja trabalhador.

Recebido em apoteose pelos adeptos em Dar es Salaam, o jogador de 25 anos de idade pode estrear-se no campeonato dia 6 de Setembro, quando a sua equipa defrontar o Tanzânia Prisons, na primeira jornada do evento.

Na edição passada, o Young Africans foi o segundo classificado com 72 pontos, sagrando-se campeão o Simba Sports Club (88 pts).

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: