Colóquio aborda ideais de Neto

0

O evento anual vai decorrer a partir das 9h00 na Sala de Conferências, aberto ao público, e consta das comemorações do 8 de Janeiro, Dia da Cultura Nacional.
No primeiro painel, Cornélio Caley vai abordar o tema “A visão pan-africanista de Agostinho Neto na promoção da cultura nacional”, seguido de Norberto Carlos, com o tema “Pan-africanismo: o despertar da África na perspectiva de Agostinho Neto”, e de Araújo Almeida dos Anjos, com o tema “O Antropónimo como instrumento cultural numa perspectiva pan-africanista”.
O segundo painel começa com o tema “Utopia e politopia pan-africanista na voz de Agostinho Neto”, a ser proferido por Marcelo Sebastião, seguido de Petelo Nginamau Ne-Tava, com o tema “Pan-africanismo e liberdade cultural na poesia de Agostinho Neto”, e finaliza com Norberto Costa, que vai abordar “Agostinho Neto: do pan-africanismo ao grito de Ipiranga para a independência (1945 – 1960)”.
António Agostinho Neto nasceu em Kaxicane, Icolo e Bengo, a 17 de Setembro de 1922, e morreu em Moscovo, a 10 do mesmo mês do ano de 1979. Foi médico, escritor e político, além de “principal figura do país no século XX”.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: