Cidadã é morta por furtar telefone

0

De acordo com a noticia veiculada pela Angop, uma cidadã de 35 anos de idade foi morta, na terça-feira, na comuna da Chipipa, município do Huambo, a 18 quilómetros desta cidade, alegadamente por ter furtado um telemóvel de marca Samsung.

O facto foi tornado público esta sexta-feira pelo Comando da Polícia Nacional no Huambo, no seu relatório sobre a situação da segurança pública durante a semana, no qual lê-se que o crime de homicídio voluntário, por agressão física, foi praticado por dois indivíduos, de 28 e 30 anos de idade, já a contas com os órgãos judiciais.

Adianta que para o cometimento do crime, os acusados espancaram brutalmente a vitima na via pública, que ainda assim chegou de ser socorrida para o Hospital Geral do Huambo, onde veio a sucumbir horas de depois.

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: