Chuvas destroem 191 casas

0

Cento e 91 casas desabaram no município do Cubal, província de Benguela, em consequência do transbordo do rio com o mesmo nome, causado pelas fortes chuvas que se registam na região desde sábado último, informou ontem o administrador adjunto local, Fernando Belo.

Segundo o responsável, que fazia o balanço provisório das chuvas , das 191 casas desabadas figuram 65 no bairro Macoco, 41 na Pinguita e 85 na Calomanga.
Fernando Belo frisou que, em colaboração com as autoridades locais, a Administração Municipal está a trabalhar para realojar a população em locais seguros e em familiares mais próximos.
Quanto ás ocorrências nas comunas, o responsável disse não haver registo de “muitas preocupações”, com excepção da Capupa, que tem uma ponte prestes a desabar.
“Nenhuma comuna tem a circulação interdita com a sede, havia obstáculos na via com a Yambala, mas a situação está restabelecida “, notou o administrador adjunto, salientando que “a situação já é calma”, porque o caudal do rio baixou e está a seguir o curso normal.
No final de semana passada as chuvas já haviam feito estragos alarmantes na província de Benguela , provocaram três mortos , 60 casas destruídas e deixaram centenas de famílias desalojadas no município do Bocoio.
Em Caimbambo, uma ponte sobre o rio Calondo desabou, cortando a circulação entre a sede e a comuna da Canhamela e no rio Cavaco em Benguela. A chuva devastou ainda campos agrícolas cultivados à beira do rio.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: