China diz que nunca houve encobrimento do surto do novo coronavírus

0


O porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros ZhaoLijian afirmou esta sexta-feira que nunca houve um encobrimento do surto do novo coronavírus na China.

No ‘briefing’ diário aos jornalistas, onde fez o ponto de situação do surto da Covid-19 no país, o responsável afirmou que o Governo de Pequim “nunca permite encobrimentos” em resposta às acusações feitas pelos Estados Unidos.

Zhao Lijian afirmou ainda que a revisão do número de casos em Wuhan, onde a epidemia surgiu pela primeira vez no final de 2019, foi o resultado de uma verificação estatística para garantir a precisão e que a revisão é uma prática internacional comum.

A autoridade sanitária de Wuhan reviu na quinta-feira o número de mortes acumuladas em 50%, para 3.869, para retificar o que chamou de relatórios incorretos, atrasos e omissões.

Vários líderes mundiais questionaram recentemente a precisão dos números da China em relação à escalada da pandemia do novo coronavírus no país.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, salientou mesmo a China não foi completamente honesta quando reportou o real impacto do vírus no país.

Dominic Raab, vice do primeiro-ministro Boris Johnson, defendeu que terão de ser apuradas responsabilidades relativamente à pandemia de Covid-19, sublinhando que haverá “perguntas difíceis” a fazer a Pequim.

O presidente francês, Emmanuel Macron, alinhou pelas mesmas dúvidas, e afirmou que “há coisas que aconteceram e não sabemos.”

Fonte: NM/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: