Chefe de Estado constata as riquezas dos Gambos

0

Na sequência da visita privada que efectua à Huíla, o Presidente da República, João Lourenço, percorreu, hoje, mais de 200 quilómetros para visitar as belezas naturais e a fauna e flora da região da Tunda dos Gambos, município com o mesmo nome, a Sul da cidade do Lubango.

A Tunda dos Gambos é uma região que faz fronteira com os municípios da Matala e Quipungo, onde está situado o Parque Nacional do Bicuar, que ocupa uma extensão territorial de mais de 7.900 quilómetros quadrados e onde habitam animais de várias espécies.
O presidente da Cooperativa dos Criadores de Gado do Sul de Angola (CCGSA), Salvador Rodrigues, disse, ao Jornal de Angola, que o Presidente da República deslocou-se a uma zona de alta qualidade na criação de gado em regime extensivo, para carne de muito mais qualidade e com custos muito mais reduzidos.

Salvador Rodrigues garantiu que o potencial ganadeiro dos Gambos é imenso, sobretudo no chamado Vale do Tchimbolelo, onde pasta quase um terço do gado da Huíla. De resto, sublinhou que a província é umas das principais criadoras de gado do país.
“Com a sua visita à região, em companhia da Primeira Dama, Ana Dias Lourenço, o Presidente da Republica vai ter uma ideia mais consentânea da fauna e flora e a preservação da biodiversidade de que a região dispõe”, disse.

Apesar de as fazendas terem estruturas criadas que permitem atravessar um ano sem problema de água, o líder da CCGSA defende que toda a região dos Gambos tenha captação de água para que o país beneficie da capacidade produtiva daquela região.
Salvador Rodrigues considera que a decisão do Presidente da República de gozar férias no país valoriza o potencial turístico nacional. “Com a deslocação do Presidente da República ao município dos Gambos, as questões estruturantes vão ser abordadas, embora as decisões tenham sido já tomadas”, previu o criador de gado, para quem é preciso ter linhas de créditos sustentadas para fazer com que esses projectos avancem.

Acredita que, com a chuva que cai nesta região, daqui a pouco mais de um ano, o Titular do Poder Executivo vai notar mudanças. “Em pouco mais de um mês, já se notam maravilhas. Quer na própria biodiversidade e não só, tudo mudou já”, reconheceu o criador de gado.
Salvador Rodrigues considerou louvável a visita do Presidente da República à província da Huíla, em particular na zona de concentração do gado da Tunda dos Gambos, que abrange as províncias da Huíla e do Cunene. A mesma, acrescentou, vai servir de incentivo ao trabalho conjunto para o desenvolvido desta região.

“Embora a visita seja de âmbito privada e turística, o facto de (o Presidente da República) fazer essa deslocação na simplicidade e modéstia, dá-nos uma importância particular e relevância para nos incentivar cada vez mais ao trabalho”, disse Salvador Rodrigues.
Durante a sua visita privada a Huíla, o Presidente da República já visitou o Miradouro da Serra da Leba, o monumento Cristo Rei e o Museu de Ornitologia e Mamologia do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED).

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: