CFB recupera ramal Cuito-Cuemba

0

Um dos troços do ramal Cuito-Cuemba (Bié), que estava obstruído na sequência da colisão de duas locomotivas em Camacupa, está totalmente recuperado e o reinício da circulação do comboio pode ocorrer na terça-feira.

Os trabalhos de recuperação do referido ramal duraram cerca de seis dias e estiveram envolvidos seis técnicos do CFB. A línha ficou obstruída desde quarta-feira última (16de Setembro) na sequência de uma colisão entre um comboio de mercadoria e outro de manutenção, na comuna do Cuanza, município de Camacupa (Bié), porém já removidos do local.

O administrador adjunto para área Técnica de Camacupa, Albino Mulanda, informou à ANGOP hoje que a administração acompanhou os trabalhos de reabilitação do ramal, de reposição de mais de 200 travessas danificadas no acidente. O valor empregue e os danos materiais causados não foram revelados.

De momento, avançou, aguarda-se por um comunicado oficial da reabertura da via, por parte do Conselho de Administração do CFB, para facilitar a livre circulação de pessoas e bens.

Por outro lado, o responsável informou que os três feridos, envolvidos no acidente, encontram-se fora de perigo e já receberam alta médica a partir do Hospital Provincial do Bié, onde haviam sido transferidos horas depois.

Este é o segundo acidente do género neste ramal, nos últimos sete anos. O primeiro ocorreu a 17 de Fevereiro de 2013 e causou 20 feridos, que estavam nas locomotivas.

O acidente de 2013, ocorrido na estação do Cuemba (Bié), terá sido causado por uma falha técnica do sinaleiro. O mesmo terá, alegadamente, se enganado na troca de linha do comboio de carga que fazia o trajecto Cuito-Luena.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: