Bombeiros em Luanda com escassos meios

0

O Comando Provincial de Luanda do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros possui escassos meios operacionais para intervir na extinção de incêndios.

A preocupação foi apresentada esta segunda-feira pelo comandante provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Tito Manuel durante uma visita de constatação realizada pelo governador de Luanda, Sérgio Rescova ao Destacamento de Prevenção e Socorro a Sinistralidade Rodoviária, no quilómetro 25, em Viana.

Em declarações à imprensa, o comandante Tito Manuel disse que os bombeiros, em Luanda, trabalham actualmente com apenas nove viaturas para extinção de incêndios.

Em caso de sinistralidade rodoviária, o comandante realçou que o serviço de bombeiros tem contado com as ambulâncias do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEMA).

O destacamento de Prevenção e Socorro a Sinistralidade Rodoviária visitado pelo governador apoia os automobilistas em caso de acidente, efectua o patrulhamento permanente das estradas e ajuda, nas vertentes de segurança e da saúde, às comunidades residentes junto da instituição.  

Localizada na via expresso Benfica-Viana-Cacuaco, a infra-estrutura coordenada pela Polícia Nacional, oferece resposta integrada de prevenção e segurança rodoviária, de apoio logístico e de socorro a toda a área coberta pelas estradas de Luanda.

Sérgio Rescova visitou a sala de internamento e de tratamento, a sala operativa, parque para as viaturas operativas,  entre outras áreas de trabalho.

Por sua vez, o vice-governador de Luanda para o sector político e social, Dionísio Manuel da Fonseca, reconheceu que maior atenção deve ser prestada aos bombeiros, principalmente as viaturas que se encontram inoperantes.

A visita do governador estendeu-se às valas de drenagem do Kifangondo (Cacuaco), Soroca no bairro da Petrangol (Cazenga), Angomart e a do Nova Vida (Kilamba Kiaxi)  onde  foi constatado o trabalho de limpeza que decorre nestas áreas.

TPA com Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: