Boeing descobriu outra potencial falha de design no 737 Max

0
  • Centenas de aviões da Boeing de modelo 737 Max estão parados, estacionados, enquanto a fabricante espera aprovação por parte de reguladores de aviação para que o avião problemático possa voltar aos ares. Mas agora a empresa descobriu outro potencial erro de design.

Este modelo de aeronave não voa desde março do ano passado depois de duas quedas de avião que mataram um total de 346 pessoas, na Indonésia (2018) e na Etiópia (2019). A empresa determinou que seria necessário fazer ajustes de software para corrigir o problema que fazia com que a opção de segurança automática causasse as quedas. No entanto, como parte da auditoria feita em dezembro a pedido da Administração de Aviação Federal norte-americana, a Boeing descobriu problemas com as ligações elétricas do 737 Max, conta o New York Times.
A empresa informou Administração o mês passado e está agora a investigar se duas das seções de ligações elétricas que controlam a cauda do avião estão ou não demasiado juntas para poderem causar um curto-circuito – e potencialmente novas quedas. A informação é avançada pelo jornal através de um engenheiro sénior da Boeing e três fontes familiares com a investigação.
Um porta-voz da fabricante de aeronaves disse à CNN que apesar do relatório do erro existir é “prematuro especular” sobre se a descoberta levará a novos projetos de desenho dos aviões ou extender o prazo da sua recertificação”. Já no início de dezembro, a empresa anunciou que iria tomar a decisão de suspender a produção daquele modelo específico devido aos obstáculos encontrados para obter uma nova certificação.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: