BNA gasta mais de 26 mil milhões de kwanzas na compra de títulos

0

O Banco Nacional de Angola (BNA) desembolsou, até o dia 05 de Junho, 26 mil milhões,109 milhões, 220 mil e 102 de kwanzas na compra de títulos de tesouro a 41 empresas.

O processo de aquisição, que foi realizado  ao abrigo dos Instrutivos Nº06 e Nº09 de 2020, permitiu a realização de 65 operações de compra  de Obrigações do Tesouro na plataforma de  negociação da Bolsa de Valores da Dívida de Angola (Bodiva).

Participaram  da  tramitação dos processos os bancos comerciais,  com o BFA  a liderar a tabela,  ao empregar 12 mil milhões, 717 milhões, 427 mil 875 kwanzas, o Atlântico com dois mil milhões,  380  milhões, 432 mil e 179 kwanzas, o BAI        com dois mil milhões,  960 milhões  299 mil  e 537 kwanzas.

A tramitação  envolveu ainda o BCI, que empregou 785 milhões, 511 mil e 822 kwanzas, o BIC  com mil milhões, 389 milhões,  696 mil e  707 kwanzas, o BNI com  mil milhões, 54  milhões 700  mil e 23 kwanzas, o Banco Económico (BE)  com mil milhões 962 milhões 491 mil e 641 kwanzas, o  BCGA com  dois mil milhões  044 milhões  52 mil e  300 kwanzas, entre outros  bancos.

Com o  desembolso feito, até 05 de Junho,  dos mais de 26 mil milhões de kwanzas, restam  no plafond  73 mil milhões 890 milhões 779 mil e 897 kwanzas, no quadro das medidas de alivio à economia.

O BNA, em informação disponibilizado no seu site, faz menção  que na semana de 01 a 05 de Junho,  os bancos comerciais recorreram a Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez na maturidade Overnight (FCO), numa média diária de  25 mil milhões kwanzas.

No mesmo período, os bancos comerciais realizaram 57 operações de cedência e tomada de liquidez no mercado interbancário totalizando  195 mil milhões de kwanzas.

Conforme a informação, as  operações foram realizadas a taxa de juro média de 15,50% ao ano.

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: