BM injecta dez milhões de kwanzas para saúde

0

Dez milhões de kwanzas mensais estão a ser injectados a partir deste ano (2020) pelo Banco mundial (BM)ao sector municipal de saúde de Icolo e Bengo, em Luanda, visando melhorar o funcionamento das unidades sanitárias.

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop,  a Directora municipal de saúde, Alexandrina Fernandes, disse que o financiamento que é monitorizado pelo BM, vai permitir melhorar a qualidade de assistência médica e medicamentosa.
 Paralela a acção de financiamento, a responsável frisou que estão programadas uma série de formações aos técnicos de saúde para que estejam capacitados.
No âmbito do programa de prevenção e combate a tuberculose Alexandrina Fernandes realçou que se está a descentralizar os serviços de atendimento de pacientes com tuberculose que só havia no hospital municipal.
Doravante os serviços serão funcionais ao nível dos postos e centros de saúde das comunidades, razão pela qual, foi realizado recentemente uma formação de diagnóstico e tratamento das doenças com alta taxa de mortalidade.
A formação para o efeito, teve a duração de dois dias, juntou 32 técnicos e foi enquadrado no projecto de fortalecimento do sistema de saúde deste município.
O Município do Icolo e Bengo tem uma extensão territorial de 3.309.7 quilómetros quadrados, dividido pelos distritos de Catete e Bela Vista e pelas comunas de Cabiri, Bom Jesus, Quiminha, Cassoneca e Caculo Cahango.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: