Bienal de Jovens Criadores da CPLP marca semana

0

A 9.ª edição da Bienal de Jovens Criadores da CPLP marcou a semana que hoje, sábado, termina.

Na Bienal, os países representantes  exibem várias criatividades, entre  as quais, moda,  escultura, literatura, pinturas em telas e música, com abordagens de temas relacionados com a história cultural e política de Angola, valores culturais no contexto actual e cultura e sustentabilidade ambiental.
Mereceu também destaque noticioso a realização, pela Fundação Dr Agostinho Neto, do workshop Repensar a Cultura.
O evento serviu para os participantes passarem em revista questões inerentes ao actual estado do sector cultural.
A midia destacou também, ao longo da semana, o aplo lançado pela ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, à comunicação social angolana e demais órgãos da sociedade civil a trabalhar na defesa dos valores culturais e morais do país.
A governante fez este pronunciamento na abertura do workshop sobre “Repensar cultura” organizado pela Fundação Sagrada Esperança, no âmbito do seu 21º aniversário, assinalado hoje (24 de Julho).
Ao longo da semana, foi igualmente destaque as declarações do ministro de Estado e chefe da Casa Civil da Presidência da República, Frederico Cardoso, que considerou ser fundamental continuar a trabalhar no alargamento do leque de exposições de criatividades de jovens para outros domínios da sua actividade empreendedora, visto serem criadores de valor social e passível de geração de renda.
Frederico Cardoso que presidiu no final da tarde desta quarta-feira, a inauguração da IX Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em representação do Presidente da República, João Lourenço, referiu que as passíveis geração de renda passa também pela criatividade ligada às tecnologias de informação, a robótica, serviços de apoio às telecomunicações, mecânica, biologia, bem como as ciências da natureza.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: