Bié: Rua Teófilo Braga no centro da cidade do Cuito sob cerca sanitária

0

Parte da rua Teófilo Braga, no centro da cidade do Cuito, província do Bié, está desde ontem sob cerca sanitária, depois de ter sido detectado um caso positivo da Covid-19.

Trata-se de uma cidadã de 40 anos, técnica de saúde, residente naquela rua. Segundo o porta-voz da Comissão Técnica de Combate à Covid-19 no Bié, João Campos, a cidadã manteve contacto com uma pessoa vinda recentemente da província de Luanda, epicentro da pandemia no país.

“A província registou mais dois casos. Um deles foi confirmado a partir do laboratório da província de Benguela. Trata-se de uma paciente que foi atendida no Centro Materno Infantil do Cuito, que depois do teste serológico deu positivo para IGG. Recolhemos as amostras e, infelizmente, testou positivo”, disse o médico, sublinhando que a cidadã está com “pneumonia viral”.

Outro caso positivo tem a ver com um jovem de 25 anos, que violou a cerca sanitária de Luanda, mas que já se encontra internado no Centro de Tratamento da Cavanga II.

“O jovem que violou a cerca sanitária de Luanda não chegou a ter contacto com ninguém, porque foi denunciado pelos familiares, tendo sido imediatamente internado no centro de quarentena e submetido ao teste serológico”, referiu.

Governo quer reforço das medidas nas igrejas

O vice-governador da província do Bié para o sector Político, Social e Económico, António Manuel, solicitou, ontem, no Cuito, às igrejas a reforçarem as medidas de biossegurança, para evitar a propagação da Covid-19.

De acordo com a Angop, o responsável intervinha num culto de acção de graças, na “Catedral da Paz”, que marcou a ordenação de cinco novos pastores da Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA). Sublinhou que é imperioso o fortalecimento das medidas, tendo em conta os quatro casos desta pandemia registados no Bié.

Além de ressaltar a necessidade do reforço das medidas como o distanciamento físico, uso de máscara, lavagem frequente das mãos com água e sabão ou desinfestá-las com álcool em gel, exortou as igrejas a contínua ajuda ao Governo na formação do homem, construção de escolas e unidades sanitárias, moralização da sociedade, bem como na sensibilização dos cidadãos sobre o respeito pela vida.

No Bié estão 86 cidadãos em quarentena institucional e 122 domiciliar. Nas últimas horas 16 tiveram alta médica. Sob controlo estão oito cidadãos, que furaram a cerca sanitária de Luanda, nas últimas 24 horas.

Fonte: JA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: