Beiral requer reabilitação urgente

0

O Lar da Terceira Idade Beiral, em Luanda, carece de reabilitação profunda urgente ou a construção de uma estrutura para acomodar, com dignidade, os mais de 100 idosos que lá vivem, admitiu ontem, a directora-geral, Guiomar Damião.

Em declarações ao Jornal de Angola, à margem de um almoço de confraternização, oferecido pelo Gabinete para Cidadania e Sociedade Civil do MPLA, Guiomar Damião disse ser urgente a reabilitação ou a construção de um edifício.

A par da reestruturação que as instalações clamam, frisou a directora-geral, o lar necessita, também, de apoios em bens alimentar, medicamentos, material de higiene e limpeza, além do carinho dos familiares e da sociedade em geral. O Lar da Terceira Idade Beiral tem capacidade para 152 pessoas. Nesse momento, alberga 108 idosos, dos quais 60 homens e 48 mulheres.
A coordenadora nacional de Disciplina e Auditoria do MPLA, Ana Paula Inês realçou a importância do almoço de confraternização no Beiral e lembrou que muitos dos mais velhos ali vivem lutaram para a independência de Angola.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: