Austrália: Há 10 mil camelos que arriscam ser abatidos por causa de água

0

Cerca de dez mil camelos arriscam ser abatidos numa região de seca do território australiano, devido a várias queixas de que os animais estão a por os habitantes locais em risco ao procurarem desesperadamente por água.

As autoridades aborígenas da zona remota no sul da Austrália de Anangu Pitjantjatjara Yankunytjatjara (APY) aprovaram o abate que começou esta quarta-feira e deverá durar cinco dias. Numa comunicação publicada no Facebook, o governo local dá conta de que há “grupos extremamente grandes de camelos e outros animais selvagens dentro e em redor das comunidades” e que estão “a por pressão nas comunidades aborígenes” durante a sua procura por água.

“Tendo em conta as condições de seca os grupos de camelos estão a ameaçar as comunidades de APY e as infraestruturas, é necessário controlar os animais”, pode ler-se ainda na nota. Os responsáveis pelo abate pertencem ao departamento pelo ambiente e a água australiano, conta a CNN.

A região de APY tem uma área superior à de Portugal, pouca densidade populacional, vivendo no local apenas 2.300 pessoas, sobretudo aborígenes. Quanto aos animais, estima-se que vivam naquele país cerca de um milhão de espécimes.

Marita Baker, uma das responsáveis da região de APY, deu conta ao jornal The Australian que a sua comunidade foi inundada pelos animais conforme procuram por água. “Temos estado presos em condições muito quentes e desconfortáveis, a sentirmo-nos mal, porque os camelos estão a entrar na nossa comunidade, a deitar abaixo vedações, a entrar em casas e a tentar beber água dos reservatórios de ar condicionado”, explicou.

Os camelos não são nativos da Austrália, foram levados para o território por colonizadores britânicos da Índia, Afeganistão e Médio Oriente no século XIX.

Recorde-se que os incêndios que afetam a Austrália desde setembro já causaram 27 mortos, a destruição de mais de 2.130 casas e mais de 10 milhões de hectares, resultando na morte de mil milhões de animais, segundo o balanço mais recente.

Fonte:NM/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: